Teste o alternador e bateria em 4 passos

A verificação da alimentação elétrica é uma regra básica para qualquer diagnóstico elétrico ou eletrônico. O alternador é a fonte de alimentação principal do carro, responsável por manter a carga da bateria e fornecer energia para todos os consumidores. A bateria armazena energia para alimentar o motor de partida e os consumidores, temporariamente, na falta do alternador.
 Usando apenas um voltímetro, conectado a bateria, é possível testar o alternador e a bateria, as duas fontes de energia que garantem o bom funcionamento do sistema elétrico do veículo.

Roteiro:
1 - Com o motor parado e todos os consumidores desligados.
Objetivo: Checar a carga da bateria. 12,3 a 12,8 V Ok

2 - Durante uma partida de 15 segundos (impedir o funcionamento do motor).
Objetivo: Checar a capacidade da bateria. Acima de 9 V Ok

3 - Com o motor funcionando em marcha lenta e a 2000 rpm, consumidores desligados.
Objetivo: Checar o regulador de tensão. De 13,8 a 15 V Ok
4 - Com o motor funcionando em marcha lenta. Ligar o máximo de consumidores
Objetivo: Checar a capacidade do alternador. Acima de 13 V Ok 

Caso haja divergência, faça um teste minucioso para encontrar a causa.

33 comentários:

Gonçalo disse...

Bom dia, tenho uma pampa 1990; eu costumava retirar o cabo negativo da bateria com o motor funcionando p/ regular a marcha lenta, agora ha um defeito que esta me aborrecendo, qdo estou dirindo normalmente com o motor aquecido,e tenho que parar, num sinal por exemplo, o motor apaga, qual é o defeito, por eu desligar o fio terra ou neutro da bateria com o motor funcionando?

Aparecido Oliveira disse...

Gonçalo, não é recomendado desconectar a bateria com o motor funcionando pois ela serve como amortecedor dos picos de tensão gerados pelo alternador e sistema elétrico do veículo. Ao desconectar-la estes picos de tensão podem danificar qualquer componente eletrônico instalado no carro, inclusive os diodos e regulador do alternador.Nota-se em alguns casos que o regulador eletrônico do alternador perde a capacidade de estabilizar a tensão gerando sobretensão para a rede elétrica do veiculo.

como resolver problemas eletricos e hidraulicos disse...

aparecido meu carro nao carrega a bateria eu ja troquei o alternador ja corri a fiaçao eletrica e nada.ele so ta caregando um pouquinho pois se eu de mais de uma partida a bateria nao aguenta,agora vendo todas essa esplicasoes vou tentar ver se concigo porque eu ja mandei arrumar varias veses e da sempre o mesmo defeito nao posso mais mandar.eu agradeço essa explicaçoes obrigado.

Felipe Santos disse...

Companheiro, você saberia me dizer Qual o RPM mínimo para um alternador gerar energia? Obrigado!

Aparecido Oliveira disse...

Felipe, o alternador inicia a geração por volta de 1200 a 1300 rpm (medido no polia do alternador). veja a curva de geração no post "bateria descarregando"e detalhes da potência em "por dentro do alternador"

Eder Zimermann disse...

amigo, tenho um fusca 1980 onde a bobina aquece muito.. tenho sistema de ignição eletronica e todos os componentes são novos.. mesmo assim, continua aquecendo... será algum problema no altenador? não consigo encontrar a encrenca coisa nenhuma... depois que aquece, o sistema fica muito falho...
abraços

Aparecido Oliveira disse...

Eder certifique se a bobina usada é recomendada para o módulo. Confira o esquema de montagem do chicote da ignição. Veja mais detalhes no tag: Ignição, terá uma lista a respeito do tema que pode te ajudar.

Douglas disse...

amigo, muito boa a matéria! poderia me ajudar? tenho um corsinha 96, ultimamente tenho notado que de manhã, ele faz um barulho parecendo de correia e quando estou com o carro na lenta, se ligo os farois ou farol de milha, o carro baixa a lenta e começa a tremer.. o barulho da correia para depois do motor aquecido, porém mesmo depois de quente o motor, se ligo algum farol ele baixa a rotaçao chegando ate a fazer o carro vibrar. o que pode ser? bateria? alternador? a bateria tem 2 anos ja. obrigado des de ja.

Aparecido Oliveira disse...

Douglas, como você descreve esta queda de rotação e barulho parece ter relação com a carga do alternador. Verifique o sistema de carga para certificar se o alternado não está sendo sobrecarregado. Além disso, todo motor tem um sistema de compensação da marcha lenta, revise o sistema caso alternador esteja em ordem.

Sergio disse...

Aparecido, parabéns pelo Blog.

Gostaria de medir a corrente Total consumida pelo veículo com o carro ligado, possuo um medidor tipo alicate e só consigo ler no negativo da bobina com o carro desligado (todos os consumidores em torno de 18A). Quando ligo o carro a leitura desaparece assim que o alternador entra. Isso é porque o alternador tb é aterrado? onde poderia medir a corrente total com o carro ligado? Obrigado!

Aparecido Oliveira disse...

Sérgio, veja este post http://aparecidooliveira.blogspot.com.br/2010/03/teste-do-sistema-de-carga.html nele temos os detalhes que você procura. caso não consiga colocar o alicate no cabo de saída do alternador, então procure identificar onde ele está ligado ( geralmente vai para o borne positivo da bateria ou barra de distribuição) e coloque o alicate nele no local de chegada.

Márcio Poeta disse...

Aparecido, estou com um problema! O carro parou de carregar a bateria, pedi para um Profissional de Auto-Elétrica verificar e me informou que o Alternador estava danificado, comprei um alternador recondicionado e uma bateria nova!! Ontem instalamos, verifiquei com ele que estava carregando(teste com multimetros habituais, carro desligado, motor 2000rpm, farois e motor ligado) ... Ok. Para minha surpresa hoje pela manhã fui bater a partida e nada de cargar!!! Podes me aconselhar??!

Abraços,
Márcio Poeta.

Aparecido Oliveira disse...

Márcio a bateria é nova, estava carregada? e ficou sem partida pode ser que há fuga de corrente no carro ou algo ficou ligado. Por outro lado pode ser que a bateria não estava bem carregada, precisa estar pelo menos com 70% de carga para ser montada no carro. Repita os testes do alternador, carregue a bateria fora do carro (70% pelo menos), teste se não há fuga de corrente, veja post http://aparecidooliveira.blogspot.com.br/2010/08/medicao-da-corrente-de-fuga-no-vw-polo.htmlsobre. Conforme o carro não há necessidade de esperar o tempo mencionado no post.

Nelsinho Foz disse...

Tenho um corsa com bateria 60A. Qdo liga o motor a bateria fica em 13,8Volts. Ao ligar a ventoinha cai para 13,4Volts, e se alem da ventoinha eu ligar os farois cai para 13,0Volts. Ao desligar a ventoinha e o farol volta para 13,8Volts. Este fato seria problema de regulador de voltagem, diodos ou bateria??
Grato Nelson

Nelsinho Foz disse...

Bom dia, tenho um corsa com bateria de 60A.
motor ligado: 13,8V
qdo liga a ventoinha: 13,4V
ventoinha + Farois: 13,0V
Independente do q estiver ligado não deveria manter em 13,8V?
Deve ser problema de regulador de voltagem, diodos ou bateria??
Grato
Nelson

Aparecido Oliveira disse...

Nelsinho, seu alternador e regulador de voltagem está normal. Veja post sobre teste do alternador e verá que este é o comportamento normal ao aplicar carga. Ao atingir o limite de capacidade do alternador a voltagem se iguala com a da bateria, quando ambos descende juntos.

Pedro Augusto disse...

Boa noite, meu querido!

Tenho um Logus 94 e meu alternador não tá carregando a minha bateria.

Levei a um eletricista e ele fez o teste com um mutimetro e viu que não estava chegando corrente suficiente na bateria.

Disse que ligasse um fio no positivo do meu alternador direto na bateria e um negativo no meu alternador direto na lataria do carro (terra).

Isso está correto? Devo fazer dessa forma mesmo?

Atenciosamente,

Pedro Araújo - Cabo/PE.

Aparecido Oliveira disse...

Pedro, a bateria deixa de ser carregada se a capacidade do alternador for insuficiente ou há excesso de consumo, se a tensão regulada é baixa ou há queda de voltagem excessiva nos fios/conexão massa deficiente. Todos estas possibilidades podem ser facilmente testadas e corrigidas pontualmente, siga os passos indicado no post. Para saber se há queda nos fios basta medir a voltagem no alternador e na bateria com os faróis e outras cargas ligadas, se houver diferença podemos dizer que realmente há deficiência no circuito, então cheque se é um problema de mau contato nas conexões ou fio. substitua somente o fio que tiver problema.

Luciano disse...

Luciano,amigo tenho um gol ap 1989 alternador wapsa 14v 35A,troquei o regulador e as escovas,as vezes carrega,as vezes não só volta a carregar quando eu desligo o positivo do alternador e ligo novamente,fiz um teste com um alternador bosch carrega normalmente,então problema na fiação não é,o wapsa só funciona desligando e ligando o positivo alternador,daí ele carrega, motor na lenta marca 13,5V o que pode ser?Obrigado.

Aparecido Oliveira disse...

Luciano, A tensão de 13,5 V na marcha lenta é normal. Acelerando o motor aumenta a tensão? Com os faróis ligados a tensão fica acima de 13,5 V? Qual o valor de corrente que o alternador fornece? Sugiro que fação um teste mais detalhado do alternador. Se a bateria já está carregada a corrente fica baixa, isto é normal, entretanto se desliga o alternador descarrega a bateria e ao ligar há um aumento de corrente dando a impressão que antes não estava apto a carregar a bateria. Não será isto que está acontecendo?

wesley disse...

ola meu nome wesley eu tenho um palio 2006 e meu carro não mantem a bateria carregada e ja troquei duas vezes mas acontece a mesma coisa com a bateria ela funciona quando coloco no carro mas depois de um dia pro outro ela para não funciona de jeito algum o que sera?

Aparecido Oliveira disse...

Wesley, ao colocar descarrega mesmo sem uso pode ser que você tem fuga de corrente no sistema elétrico. Algo fica ligado consumindo a bateria ou algum componente instalado tem consumo acima do previsto. Com o carro desligado, chave fora do contato e portas fechadas, desconecte o cabo negativo da bateria e coloque um amperímetro entre o chassi e negativo da bateria, para medir a corrente de fuga. A corrente deve ficar abaixo de 50 miliamperes ou 0,05 amperes. Acima deste valor procure identificar o circuito que está com problema, retirando o fusível um a um por exemplo. Considere os diodos do alternador como um possível problema também.

Vilmar disse...

Troquei o alternador pois não estava gerando, só que o novo alternador a geração não passa de 12v em alta? o que pode estar acontecendo.

Aparecido Oliveira disse...

Vilmar se a tensão está com 12 V, não está gerando??? veja no post em marcha lenta deve ficar por volta de 13,5 V. veja se as ligações estão corretas se a lâmpada piloto acende ao ligar a chave e apaga com o motor em funcionamento. Caso a lâmpada apague deve estar gerando, meça a tensão na saída do alternador e compare com a da bateria se estiver diferente (maior no alternador) pode ter problema na fiação. Verifique há sobrecarga no sistema (consumo excessivo derruba a tensão do alternador)

Aparecido Oliveira disse...

Vilmar desligue o fio da lâmpada no alternador (D+, 61, L) e ligue uma lâmpada de teste, equivalente a do painel em potência, no borne do alternador e a outra ponta no positivo do alternador (bat, B+,..) se der certo o fio da lâmpada está em curto com o chassi, nota-se aí que a lâmpada do painel não apaga mesmo desligado do alternador. Caso tenha dúvida procure um autoelétrico.

Gustavo disse...

Aparecido, parabéns pelo blog e pelos esclarecimentos que tem prestado.
Tenho uma Hilux que comprei recentemente. Ela veio com o alternador recondicionado em Março. Acontece que ele não carrega em rotação lenta. Só começa a carregar quando encosto o pé no acelerador. Não sei te precisar a rotação exata, pois o contagiros não está funcionando.
O problema é que levei num eletricista e ele condenou o alternador. Mas levei em outra oficina e o mesmo disse que o alternador tava funcionando. Que na verdade devia regular a rotação do motor em lenta. E agora?

Aparecido Oliveira disse...

Gustavo presumo que você diz que ao acelerar a tensão do alternador é maior que 13,5 V e na marcha lenta fica em no máximo 12,8 V, certo?. Alternador recondicionado geralmente perde potência e isto é dor de cabeça, melhor usar original. Normalmente na marcha lenta já deveria dar mais de 65% da sua capacidade. Verifique a condição da bateria, se ruim sobrecarrega o alternador. Certifique que o consumo do carro não esteja acima do normal. Na Hilux existe uma conexão S no alternador para compensar a queda de tensão no circuito da bateria, se conecta a bateria através de um fusível de 7,5 A na caixa de fusível no compartimento do motor. Verifique se há muita diferença de tensão entre alternador e bateria, pode ser queda excessiva por modificação ou não está funcionando, p. e. fusível aberto.
Quanto a rotação do motor é regulada pelo módulo e não pode ser alterado (hilux 2.5/3.0)

Jarbas Lucena disse...

Cara, tenho um siena 2010, e ele não está dando partida, a tensão na bateria está um pouco acima de 11v, e quando tento da partida na ignição desce bruscamente, menos de 5v, qual o problema no carro?

Aparecido Oliveira disse...

Jarbas abaixo de 12 V a bateria está completamente descarregada ou defeituosa. Se ao carregar continua na mesma então troque a bateria.

amadeu domingos disse...

Bom dia.
Estou a pensar montar um relé (separador de baterias) que permite carregar uma segunda bateria.
Relé: Nagares relé RL / 180-12
O relé activa a ligação entre as duas baterias só quando o carro é ligado, atravez de um fio ligado ao D+ do alternador que liga as duas baterias.
A minha pergunta é: O alternador irá entrar em esforço? Poderá estragar o alternador, ou não carregar bem a bateria original e assim estraga-la?
Obrigado pela atenção.
Cumprimentos

Aparecido Oliveira disse...

Olá Amadeu. Considerando que a bateria adicional sofra constante descarga intensa e dependendo da sua capacidade nominal, toda vez que for submetida em paralelo drenará mais corrente do alternador. A bateria original não receberá carga suficiente enquanto a auxiliar não se recuperar. Sendo assim, Sim o alternador terá cargas mais intensas diminuindo sua durabilidade e a carga da bateria original deverá ficar abaixo do normal, podendo ocorrer sua descarga se o carro não funcione por tempo suficiente. Para amenizar a situação se poderia limitar a corrente de carga da bateria auxiliar e a potência do alternador poderia ser aumentada caso se confirme esta tendência.

ruy180 disse...

Sr aparecido veja se pode me ajudar.

Meu alternador só começa a carregar quando atinge 3.500 giros.
Mas depois que começa ele continua carregando. Ou seja quando eu ligo ele na lenta, e meço ele não esta carregando , dai eu acelero até os 3.500 giros, ele começa a carregar, mesmo voltando pra lenta ele continua carregando normal, ele só precisa desse start. troquei o regulador de voltagem, continua a mesma coisa. o que pode ser isso??

Aparecido Oliveira disse...

Ruy, para iniciar a geração na rotação de marcha lenta é preciso que a corrente de pré-excitação tenha um valor mínimo. Causas prováveis para alternadores antigos:lâmpada piloto de baixa potência, mau contato no circuito/escova do alternador, rotor com resistência alta, estator/rotor recondicionado, entreferro estator/rotor, regulador de tensão inadequado/defeito.